26 de janeiro de 2007

Amizades

Num tempo de falta de compreensão, as vezes os pensamentos fluem de maneira estranha.
Acordo. Meu despertador soa desde às 6h da manhã sem que eu ouça. São 8h. Minha mãe vem desliga-lo já que, no quarto ao lado, mesmo com duas portas divindo-nos o alarme a incomoda
à duas horas. Trabalho. Às 8h30. Corro e consigo chegar às 9h15. No trabalho todos percebem que o fato de ter dormido apenas à duas horas atrás está seriamente estampado na minha cara. A noite anterior, espera! O que aconteceu na noite anterior? Começo a lembrar vagamente das inúmeras doses de vodkas. Dos inúmeros papos desconcertantes que tive com pessoas que não deveria. Recordo de ter jogado sinuca com quem não queria.
Recordo de ter tentado fugir o tempo todo de algo que eu quero que venha até mim. E reparo que as vezes a válvula de escape falha.
A mudança repentina causada por erros das pessoas que mais amo na vida. Inclusive os meus. Principalmente os meus. Daí começo a voltar pra realidade e percebo que a grande realidade é essa mesmo. E que as vezes estamos sozinhos cercados de muita gente.
Muita gente que apesar de serem agradáveis, não são aqueles que sei de cor o que vão falar, e sei no que sempre vai dar qualquer conversa.
Mas penso que essas conversar me fizeram o que sou hoje.
E penso que as vezes, por mais clichê que isso pareça, os nossos valores só aparecem quando perdemos algo. Aí a importância daquilo vem brutalmente socando minha cara.
O pior é saber, que como diria um dos meus ídolos, esse nosso tempo não para. E pra piorar, não volta.
Mas a vontade de correr atrás do que passou é travada por algo que aprendi a ter com o tempo. E que não ensinamos a ninguém.

Ass: Pedro Gazzinelli

3 comentários:

Diogo disse...

Essa fico doida demais! pbns!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!1eyayeagyea

Lira Turrer disse...

Foda! Muito bom mesmo! Mas olha, a vida é assim e, para não perder de vista aqueles clichês importantes: "o que tiver de ser..."
Beijos!

bruninha disse...

zacaaaaaaa
siniiiiistro hein!!! mando bem pra caramba....me tocou la no fundo!!!
conta sempre comigo
te adoro d+++++++++++++++++++ da conta!
bjos